terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Ações da Positivo disparam

Ações da Positivo disparam 78,85% e empresa finaliza o dia negando boato
Após as ações ordinárias da Positivo Informática (POSI3) saírem de R$ 5,20 para R$ 9,30 (com máxima de R$ 9,95) em apenas um dia de pregão, a empresa negou todos os boatos relacionados a um aumento na oferta de compra pela Lenovo. Segundo boatos, a oferta de compra teria sido aumentada de R$ 18,00 para R$ 31,00 por ação. Na noite de ontem (16/02), a Positivo enviou um comunicado oficial ao mercado considerando as especulações como "sem fundamento".
Agenda do investidor com divulgação de diversos balanços
Mesmo sem a abertura dos pregões regulares dos Estados Unidos no dia de ontem (16/02), a volatilidade do mercado aqui no Brasil foi notável, principalmente nos últimos minutos de negociação. Hoje, mesmo sem muitos indicadores programados, o investidor deverá enfrentar mais um dia volátil. Não há nenhum registro padrão na agenda dos Estados Unidos, onde as maiores atenções ficarão voltas à transformação em lei do pacote econômico de US$ 787 bilhões proposto pelo presidente Barack Obama, segundo programação divulgada no sábado passado (14/02). Os índices futuros norte-americanos sugerem um dia conturbado, caindo em média 1,8%. No Brasil, indicadores com relevância menor para o investidor de Bolsa de Valores serão divulgados, com destaque para o IPC da Fipe, IGP-M e a Pesquisa Mensal do Comércio. A atenção do investidor estará mais concentrada na divulgação dos balanços trimestrais, com destaque para GVT, Weg, Lojas Renner e Telesp.
Últimos resultados corporativos em destaque
O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) registrou uma queda de 27,4% em seu lucro líquido anual. A LOreal registrou um lucro de US$ 2,48 bilhões em 2008, queda de 26,6% em relação a 2007. Fora isto, o grupo de cassinos de Donald Trump está à beira da falência e irá apresentar um pedido de concordata e irá recorrer à proteção da lei de falências dos Estados Unidos. Segundo agências internacionais, esta é a terceira vez em que o grupo dá as caras no tribunal de falências.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.